Sri Lanka - baixo custo, diferencas culturais e religiosas

Localizado no Oceano Índico, o Sri Lanka possui um pequeno território repleto de atrações culturais e naturais e, atualmente, tem atraído cada vez mais turistas, que geralmente visitam a Tailândia e/ou a Índia na mesma viagem.

Antes de se tornar independente em 1948, o Sri Lanka (que antes se chamava Ceilão) foi um território colonial muito disputado por ingleses, holandeses e portugueses. Por isso, o país possui uma diversidade cultural e religiosa tão grande. Atualmente, o país é majoritariamente budista e possui diversos locais de peregrinação.

Apesar dos trajetos no Sri Lanka serem bem curtos, é importante traçar um roteiro e selecionar o que se quer visitar. Para te ajudar, listamos alguns passeios e cidades para agradar aventureiros e para quem gosta de conforto.

Ella

A cidade de Ella possui diversas montanhas onde os turistas podem se aventurar em belas trilhas. As mais famosas são a Ella Rocke a Little Adam’s Peak.

Em Ella, você não pode deixar de visitar a Ponte dos Nove Arcos, que foi construída em 1921 no meio da floresta. A ponte faz parte do trajeto de trem entre Ella e Kandy, que é considerado o mais bonito do mundo. Este trajeto passa por diversas plantações de chá e você pode aproveitar e conhecer o seu processo de produção e ainda curtir uma bela degustação.

Kandy

Em Kandy está o Templo da Relíquia do Dente Sagrado. Considerado Patrimônio Mundial da Unesco desde 1988, acredita-se que há guardado um dente de Buda no local. Por isso, este é um local de peregrinação importante para os budistas. Outro importante templo budista é o Bahirawakanda, que abriga uma enorme estátua branca de Buda e fica em cima de uma montanha.

Kandy faz parte do que é conhecido como Triângulo Cultural, junto com as cidades de Anuradhapura, Polonnaruwa, Sigiriya e Dambulla. Em Sifiriya está a Lion Rock, uma fortaleza de pedra construída no século V, que é um dos pontos mais visitados do Sri Lanka. Já Dambulla possui o Cave Temple, com estátuas esculpidas em cavernas, e o Golden Templo, a Leste, que possui a maior estátua de Buda sentado. É impressionante!

Mirissa

Este vilarejo de pescadores começou a chamar a atenção dos turistas por ser um dos melhores locais para se fazer passeios de observação de baleias e golfinhos. Você pode conseguir ver até uma baleia-azul (de novembro a abril é o período migração dessas baleias) e tartarugas (elas costumam passar por essa rota em janeiro). No entanto, fique de olho mar (não vá se tiver muito agitado) e no tipo de passeio que vá contratar (procure aqueles que respeitem o espaço dos animais).

A vibe de Mirissa atrai muitos jovens e mochileiros que buscam bons preços de hospedagem e de restaurantes e praias lindas de água transparente. É ótimo aproveitar o dia na Secret Beach, ver o pôr-do-sol na Parrot Rock e tirar umas fotos com os belos coqueiros da Coconut Hill. Mas se você estiver em busca de ondas para surfar, vá até Weligama e Midigama.

Tagalle

Tagalle atrai um público muito diverso, pois possui muitos hostels e resorts e possui uma tão longa praia que dá a sensação de “deserta”. No entanto, não deixe de explorar algumas praias próximas que são paradisíacas, como Goyambokka, Marakkalagoda e Amanwella.

Galle

Este vilarejo de pescadores começou a chamar a atenção dos turistas por ser um dos melhores locais para se fazer passeios de observação de baleias e golfinhos. Você pode conseguir ver até uma baleia-azul (de novembro a abril é o período migração dessas baleias) e tartarugas (elas costumam passar por essa rota em janeiro). No entanto, fique de olho mar (não vá se tiver muito agitado) e no tipo de passeio que vá contratar (procure aqueles que respeitem o espaço dos animais).

A vibe de Mirissa atrai muitos jovens e mochileiros que buscam bons preços de hospedagem e de restaurantes e praias lindas de água transparente. É ótimo aproveitar o dia na Secret Beach, ver o pôr-do-sol na Parrot Rock e tirar umas fotos com os belos coqueiros da Coconut Hill. Mas se você estiver em busca de ondas para surfar, vá até Weligama e Midigama.

Colombo

Colombo é uma cidade mais movimentada, com diversos mercados a céu aberto e templos, como o templo hindu Sri Kailawasanathan Swami Devasthanam Kovil e a Mesquita Vermelha, uma das mais antigas da cidade e que chama a atenção pela sua pintura vermelha e branca.

Negombo

Esta cidade possui diversas igrejas católicas e uma de suas principais atrações é o seu famoso Mercado de Peixe. Além disso, Negombo fica perto do aeroporto internacional, sendo uma parada estratégica.

Existem muitas outas atrações no Sri Lanka, como o Parque Nacional Udawalawe, mas pesquise bem o que fazer e trace o melhor roteiro para o seu tipo de viagem.

Obs: é necessário obter visto para viajar para o Sri Lanka.

💉 É necessário apresentar o certificado internacional válido para vacinação completa ou teste PCR negativo feito em até 72 horas antes.